Qual o impacto da internet das coisas na educação?

internet das coisas na educação

Hoje em dia, internet está presente em todos os setores de nossas vidas. Seja no trabalho, na vida pessoal e até nos estudos.

Já se foi o tempo que a internet era apenas para um grupo de pessoas que tinham condições de pagá-la ou para coisas básicas, como acessar informações sobre tais assuntos.

Na área de educação, não é diferente: a internet está presente na vida dos estudantes desde cedo. 

E hoje, não se resume a pequenas apresentações de PowerPoint, hoje podemos encontrar materiais mais avançados para o bem do ensino nas escolas.

Nesse artigo, vamos falar da tal da internet das coisas na educação e explicar quais são as vantagens que nossos jovens e também senhores de idades que ingressam no mundo dos estudos podem ter graças a tecnologia avançada do mundo virtual.


Imagem: Unsplash

Conheça 6 cursos técnicos na área da saúde: https://vaidebolsa.com.br/conheca-6-cursos-tecnicos-na-area-da-saude/

Aplicações E Exemplos Da Internet Das Coisas

O termo “Internet das Coisas” na educação, diz respeito a interconectividade de serviços e objetos físicos através da internet para facilitar a vida dos estudantes.

Existem várias coisas que podem compor a internet das coisas e algumas delas são:

Casa Inteligente (Smart Home)

A casa inteligente é a nossa própria casa, mas com aparelhos que podemos considerar que são inteligentes, tais como, a Smart TV, robôs para limpeza, lâmpadas inteligentes, alarmes e portas inteligentes e aparelhos interessantes como a Alexa.

Cada um faz o seu serviço como se fosse um quase humano, dos quais são:

  • A Smart TV: é uma TV que tem muitas coisas a mais do que os simples canais abertos. Com esta TV você pode entrar na internet, baixar e acessar aplicativos como YouTube e Netflix e ainda por cima assistir tudo em uma tela grande e bonita;
  • Robôs para limpeza: se você nunca viu, os robôs para limpeza são aspiradores inteligentes, isto é, são aqueles aspiradores de forma redonda que aspiram de forma programada toda a sua casa e ainda tem alguns que possuem sensores para saber onde tem mais sujeiras;
  • Lâmpadas inteligentes: são aquelas que você pode ligar e desligar mesmo distante delas e, ainda por cima, controlar a intensidade de sua luz;
  • Alarmes e portas inteligentes: esses são os mais conhecidos! Os alarmes e portas inteligentes podem ser acionados também a distância e servem para dar segurança às nossas casas;
  • Aparelhos como a Alexa: são aparelhos extremamente inteligentes. Por comando de voz com a Alexa, por exemplo, você pode pedir e mudar de música quantas vezes quiser (dependo do aplicativo que esteja utilizando).

Wearables

O Wearables são aparelhos inteligentes com o que pessoas possam se vestir. Você já ouviu falar em “smartwatch” (relógios inteligentes)? Pois bem, esse são os wearables, cuja função é ajudar aquele que o usa de forma rápida e precisa.

Os smartwatches, por exemplo, podem medir quantidade de exercícios praticadas por seu usuário, bem como a pressão cardíaca e o tanto de passos que seu usuário deu ao longo de uma caminhada.

Como Wearables temos também as pulseiras de monitoramento e os divertidos óculos de realidade virtual.

Cidades Inteligentes

Cidades Inteligentes ou, Smart Cities, em seu nome original, são cidades com a mesma função de uma casa inteligente, por exemplo.

Isto é, a ideia é de se fazer uma cidade onde transportes, energias, vigilâncias e esgotos possam ser controladas por uma tecnologia e não por humanos diretamente.

Com essa inovação, tornaria possível direcionar polícias para lugares onde tem a maior ocorrência de casos de crimes, indicar corretamente aos passageiros os horários que seus ônibus vão passar e traçar os lugares onde há maior índice de lixo na vizinhança.

Realidade aumentada

A realidade aumentada é um recurso 3D usada muito em salas de aula. A maior vantagem é que permite que pessoas interajam nos espaços com estímulos tecnológicos.

Além de tudo isso, ajuda a aproximar o aluno de objetos em grandes escalas, permitindo a observação de novos ângulos e a internet das coisas na educação.

Assistentes virtuais

Assistentes virtuais são soluções inteligentes capazes de responder aos comandos de texto ou de voz fornecido por seu usuário e executando as ações mandadas.

Esses assistentes virtuais são usados muito em lojas virtuais ou serviços para redirecionar ao atendimento humano, ou, por alí mesmo, resolver o problema de clientes e afins.

Traga o seu próprio aparelho

O “traga o seu próprio aparelho” (Bring your own device), significa você levar o seu aparelho de estudo ou trabalho que sejam móveis para realizar as tarefas em qualquer lugar que seja permitido seu uso.

Ou seja, você leva seu dispositivo móvel a lugares cuja infraestrutura esteja preparada para receber essa demanda e que este lugar também possa te estimular a uma maior interação aos conteúdos multimídias e com outras redes de outras pessoas.

A ideia é tornar os estudantes mais próximos de outros estudantes através da tecnologia da internet das coisas na educação e seus derivados além de criar um ambiente para um aprendizado único.

A Inovação Tecnológica Nas Escolas


Imagem: Unsplash

Falando mais sobre a internet das coisas na educação, eis que temos a tecnologia que ajuda diretamente os estudantes.

São algumas delas:

Competências Digitais

Agora os professores podem trabalhar com seus alunos fazendo competências digitais sem precisar de grandes infraestruturas para colocar seus estudantes dentro do mundo da internet das coisas na educação.

Competências digitais é saber lidar com documentos digitais, produção de vídeos e slides, planilhas compartilhadas, arquivos em nuvem e pesquisa na internet.

Estas competências podem ser feitas a partir de smartphones, laptops, tablets e desktop a partir de alunos ou da própria escola para haver a internet das coisas na educação.

Por isso, ao invés de proibir os alunos de usar seus celulares e a internet do estabelecimento de ensino, as instituições poderiam se aproveitar dessa tecnologia para estimular ao aluno o interesse no mundo virtual com coisas boas que irão acrescentar mais na vida dele.

Aplicativos

A maior parte dos adolescentes de hoje em dia adoram pesquisar e compartilhar sobre os novos aplicativos que sempre surgem pela internet.

Dentro desse vários aplicativos que existem hoje em dia, existem uns que podem ajudar na internet das coisas na educação professores e alunos em seu trabalho e que, ainda por cima, são gratuitos.

Basta que a escola não impeça o aluno de levar seu aparelho celular e nem esconda o wi-fi. 

Os professores pesquisem sobre aplicativos educativos e demonstrem aos seus alunos que a internet não é só joguinho e vídeos para passar o tempo.

Qual o impacto da internet das coisas na educação?
Rolar para o topo